Pesquisa

Serviços ao Domicílio


O Centro de Dia Prof. Dr. Carlos Garcia, em Lisboa, presta Serviço de Apoio Domiciliário, que funciona de segunda a sexta-feira, entre as 9 e as 21 horas, tendo capacidade para dar resposta a 40 pessoas.

Entre os serviços prestados inclui-se a higiene, distribuição de refeições e apoio na alimentação, companhia, apoio na medicação, tratamento de roupa e higiene habitacional, assim como fisioterapia e estimulação cognitiva ao domicílio.

O objetivo primordial da intervenção no âmbito do Serviço de Apoio Domiciliário é cuidar das pessoas com Demência, de forma a estimular as suas capacidades remanescentes e preservar pelo maior período de tempo a sua autonomia, promovendo o conforto e a dignidade, bem como permitindo o alívio do cuidador. O bem-estar das pessoas com Demência é possível através da promoção da qualidade dos cuidados e do ajuste dos serviços às reais necessidades das pessoas com demência e dos seus familiares. A Alzheimer Portugal diversificou os seus serviços de modo a dar resposta às necessidades tanto do utente como do familiar, criando um serviço ?feito à medida? de cada pessoa.

Porque a responsabilidade de cuidar da pessoa com Demência acarreta grande sofrimento psíquico, disponibilizamos para o cuidador informal acompanhamento psicológico e social, através de atendimento individual ou em grupo. Ao dar suporte ao cuidador, pretende-se envolvê-lo ativamente neste processo, na procura de que ambos, pessoa e cuidador, venham a ter uma melhor qualidade de vida.

Os serviços criados pela Alzheimer Portugal em 2003 foram os primeiros, em Portugal, vocacionados apenas para pessoas com Demência. Por este facto, procurou-se inovação e excelência nas intervenções. O Serviço de Apoio Domiciliário, que foi além do apoio habitual (higiene, refeições e acompanhamento), presta também apoio na área da saúde e da reabilitação, tendo integrado na sua equipa fisioterapeutas, enfermeiros e neuropsicólogos.

O neuropsicólogo realiza atividades terapêuticas com o objetivo de estimular e manter capacidades cognitivas. Cabe à enfermagem colaborar na adaptação do domicílio, na seleção de ajudas técnicas, bem como orientar as famílias na tarefa de cuidar, assim como apoiar e supervisionar o trabalho desenvolvido pelas auxiliares no domicílio. Por sua vez, o fisioterapeuta, através da realização de exercícios e atividades terapêuticas, pretende retardar o declínio das capacidades físicas e da funcionalidade, de modo a promover a independência nas atividades da vida diária e ocupações com significado para a pessoa. Pretende ainda manter amplitudes articulares, força e resistência muscular, manter/melhorar o equilíbrio, manter a autonomia da marcha, conferindo estratégias para a prevenção de quedas, assim como promover a atividade física para estimular as capacidades cognitivas, evitar o acamamento e prevenir contraturas e deformidades.

No final de 2012, o Serviço de Apoio Domiciliário contava com 35 utentes, 18 do género masculino e 17 do género feminino, com uma média de idades de 82 anos.

Serviços Disponíveis
  • Higiene
  • Distribuição de refeições e apoio na alimentação
  • Companhia
  • Apoio na medicação
  • Tratamento de roupa
  • Higiene habitacional
  • Fisioterapia
  • Estimulação cognitiva

 

Para mais informações contacte:
Centro de Dia Prof. Doutor Carlos Garcia
Av. de Ceuta Norte, Lote 1, Loja 1 e 2 - Quinta do Loureiro 1350 ? 410 Lisboa
Tel.: 21 360 93 00
E-mail: informacao@alzheimerportugal.org