Pesquisa

Conferência Alzheimer Portugal - 25 Anos

18 de Outubro de 2013
Porto - Centro de Congressos da Ordem dos Médicos (SRNOM)

 

Dia 18 de Outubro de 2013 teve lugar no Porto a Conferência Anual da Alzheimer Portugal, que este ano assinalou as Bodas de Prata da Associação.

 

A Conferência «Alzheimer Portugal - 25 Anos» teve lugar no Centro de Congressos da Ordem dos Médicos (SRNOM), no Porto, contando com um painel de oradores especializados na área das Demências.

O primeiro painel, intitulado «Origem e percurso da Alzheimer Portugal» foi moderado por João Barreto, médico psiquiatra, tendo ficado marcado por uma profunda homenagem ao fundador da Associação, o Professor Doutor Carlos Garcia.

Por sua vez, o segundo painel «Demências - o que progrediu em 25 anos» foi moderado por Celso Pontes, Neurologista e Coordenador da Comissão Científica da Alzheimer Portugal. Neste painel incluí­ram-se outros especialistas, como Élia Baeta (Neurologista), Isabel Santana (Neurologista), Graça Melo (Enfermeira) e Paula Guimarães (Jurista) que abordaram temas como as dificuldades do diagnóstico, a investigação de novos tratamentos, a importância dos cuidados não farmacológicos e, ainda, os direitos dos doentes.

O terceiro painel foi inteiramente dedicado ao tema do Plano Nacional para as Demências, moderado por Maria do Rosário Zincke dos Reis, advogada e membro dos corpos sociais da Alzheimer Portugal. Deste painel fizeram parte também oradores especialistas como António Leuschner (Psiquiatra), Beatriz Santiago (Neurologista e Presidente do GEECD Grupo de Estudos do Envelhecimento Cerebral e Demências), Marisa Matias (Eurodeputada, Relatora da iniciativa do Parlamento Europeu na Doença de Alzheimer e outras Demências) e Álvaro de Carvalho (Diretor do Programa Nacional de Saúde Mental/DGS).

O Presidente do Conselho Nacional para a Saúde Mental e também membro da Comissão Científica da Alzheimer Portugal, Dr. António Leuschner, apresentou o panorama europeu referindo algumas experiências como a francesa, a do Reino Unido, da Noruega, entre outras, países onde já existem Planos ou Estratégias Nacionais para as Demências.

A Eurodeputada, Marisa Matias, que assistiu a toda a conferência, mostrando o seu genuí­no envolvimento com os temas que se relacionam com a demência, falou do que tem sido o seu trabalho na criação de políticas europeias para as doenças neurodegenerativas.

Álvaro de Carvalho, o Coordenador Nacional do Programa para a Saúde Mental, anunciou que o acordo a celebrar entre o Ministério da Saúde e a Alzheimer Portugal, está pronto para assinatura. Este acordo reconhece a Alzheimer Portugal como uma instituição de referência na prestação de cuidados especializados e na disseminação de boas práticas, principalmente através da formação de cuidadores familiares e profissionais. Reconhece ainda esta associação como parceira na criação e implementação do Plano Nacional para as Demências que está em preparação.

Por fim, o último painel «Atualidade da Alzheimer Portugal» contou com apresentações institucionais sobre o percurso da Associação, as iniciativas que desenvolve e os planos para o seu futuro.

Em suma, a Conferência comemorativa do 25º Aniversário da Alzheimer Portugal foi um momento para lembrar o seu fundador, Professor Doutor Carlos Garcia, pioneiro no estudo, diagnóstico e tratamento das demências, em Portugal. Ficou ainda marcada pelos momentos em que se lembrou o passado, se refletiu sobre o presente e se perspetivou o futuro. Falou-se de investigação, de cuidados específicos e especializados para as pessoas com demência e seus cuidadores, de direitos e também do Plano Nacional para as Demências.