Pesquisa

Sundowning

Aqui explica-se a razão pela qual algumas pessoas com Demência ficam, particularmente, inquietas no final da tarde e princípio da noite. Este fenómeno é conhecido por sundowning (Comportamento agitado ao anoitecer). São, ainda, fornecidos alguns conselhos práticos, aos familiares e cuidadores, para controlar o sundowning.

O que é o sundowning?

As pessoas com Demência podem tornar-se mais confusas, inquietas ou inseguras ao final da tarde ou início da noite. Esta situação pode piorar após uma mudança ou alteração da rotina da pessoa. Pode tornar-se mais exigente, inquieta, perturbada, desconfiada, desorientada e até ver, ouvir ou acreditar em coisas que não são reais, especialmente à noite.

As capacidades de atenção e concentração podem tornar-se ainda mais limitadas e algumas pessoas podem tornar-se mais impulsivas e responder às suas próprias ideias de realidade, situação que pode colocá-las em risco.

O que é que provoca o sundowning?
Ainda não há certezas sobre o que provoca o sundowning, embora pareça resultar das alterações que estão a ocorrer no cérebro. As pessoas com Demência cansam-se mais facilmente e podem tornar-se mais inquietas e difíceis de controlar quando estão fatigadas.

O sundowning pode relacionar-se com a falta de estimulação sensorial, depois de escurecer. À noite, existem menos pistas no ambiente, devido às luzes apagadas e à ausência de ruídos das atividades das rotinas diurnas. Uma pessoa que experiencia o sundowning pode estar com fome, desconfortável, com dor ou querer ir à casa de banho e só conseguir expressar estas necessidades através da inquietação. À medida que a Demência progride e que a pessoa apresenta uma menor compreensão do que está a acontecer à sua volta, pode tornar-se mais inquieta na tentativa de restaurar a sensação de familiaridade ou segurança. Muitas famílias e cuidadores referem que no final do dia a pessoa fica mais ansiosa para "ir para casa? ou para ?encontrar a mãe?, o que pode indicar a necessidade de segurança e proteção. A pessoa pode estar a tentar encontrar um ambiente que lhe seja familiar, particularmente um lugar que lhe era familiar numa fase anterior da sua vida.

Por onde começar

Discuta as suas preocupações sobre as alterações do comportamento da pessoa com o médico. Este será capaz de verificar se existe uma doença física ou desconforto presente e pode fornecer alguns conselhos. Providencie um exame médico minucioso e discuta a medicação da pessoa com o médico. Às vezes, mudar a dosagem ou a altura em que a medicação é administrada pode ajudar a aliviar os sintomas. O médico também poderá informar se a medicação está a provocar efeitos secundários indesejáveis.

 O que pode tentar
  • Se a fadiga da pessoa está a tornar o sundowning pior, descansar ao início da tarde pode ajudar. Mantenha a pessoa ativa durante a manhã e incentive-a a descansar após o almoço;
  • Ao início da noite pode ser útil a pessoa fazer algumas atividades que lhe sejam familiares (que tenha aprendido numa fase anterior da sua vida), como por exemplo, fechar as cortinas (como forma de evitar a confusão provocada pelas sombras que se podem refletir do exterior dentro de casa), beber um aperitivo, ajudar na preparação do jantar ou pôr a mesa;
  • Nunca contenha fisicamente a pessoa. Deixe a pessoa passear nos sítios onde esteja em segurança. Fazer uma caminhada ao ar livre pode ajudar a reduzir a inquietação;
  • Algumas pessoas ficam contentes com um animal de peluche, um animal de estimação, ouvir melodias familiares ou com a oportunidade para fazer um passatempo favorito;
  • Considere o efeito das luzes e ruídos da televisão e rádio. Estes estão a contribuir para a confusão e inquietação?
  • Tente não organizar o banho ou duche para o final da tarde, se estas forem atividades perturbadoras para a pessoa. A exceção pode ser feita para as pessoas que ficam mais calmas após tomarem um banho quente, antes de ir dormir
  • As luzes de presença ou um rádio a tocar baixinho podem ajudar a pessoa a dormir;
  • Para algumas pessoas, um leite morno, uma massagem nas costas ou uma música podem ter um efeito calmante;
  • Algumas pessoas podem precisar de medicação. Será necessário avaliar esta situação com o médico pois a toma de medicação para dormir poderá favorecer a incontinência;
  • Certifique-se que também consegue descansar bastante

Baseado em Care of Alzheimer?s Patients (Cuidar de Pacientes com Alzheimer), de Lisa Gwyther

Quem pode ajudar?
Discuta com o médico as suas preocupações sobre as alterações do comportamento e o impacto que estas têm em si.

Adaptado de Alzheimer Australia