Pesquisa

Comportamento desinibido

A alteração do comportamento das pessoas com Demência é muito comum e pode, por vezes, incluir comportamentos indelicados, inapropriados ou ofensivos. Estes, habitualmente, são designados por comportamentos desinibidos. Aqui são descritos os sinais e as causas deste tipo de comportamento.

 

O que são comportamentos desinibidos?

Os comportamentos desinibidos são ações indelicadas, rudes ou ofensivas. Estes comportamentos ocorrem quando são seguidas as regras sociais sobre o que dizer, onde dizer ou fazer. Os comportamentos desinibidos podem provocar uma enorme tensão nas famílias e nos cuidadores. Podem ser particularmente preocupantes quando alguém, que anteriormente era reservado e sensível, se comporta de forma desinibida.


Os comportamentos desinibidos podem incluir:

  • Observações indelicadas ou rudes.

A pessoa com Demência pode, por exemplo, fazer comentários indelicados sobre a aparência de outra pessoa. A pessoa parece ter perdido as suas boas maneiras sociais e pode parecer que está a tentar deliberadamente embaraçar ou assediar outra pessoa.

 

  • Comportamento atrevido

A pessoa com Demência pode seduzir inapropriadamente alguém ou fazer comentários de natureza sexual.

 

  • Despir-se

A pessoa com Demência pode despir algumas ou todas as suas roupas, em alturas ou em ambientes impróprios.

  • Acariciar-se

Ao esquecer-se das regras sociais, a pessoa com Demência pode acariciar-se a si próprio à frente de outras pessoas.

 

O que causa estes comportamentos?

Existem muitas razões pelas quais os comportamentos se alteram. Cada pessoa com Demência irá reagir às circunstâncias da sua própria maneira. Por vezes, o comportamento pode estar relacionado com as alterações que estão a ocorrer no cérebro. Noutros casos, podem existir acontecimentos ou fatores no ambiente que desencadeiam o comportamento. O comportamento, também, pode ser provocado pelo facto de a pessoa não estar a sentir-se bem.

Algumas causas frequentes do comportamento desinibido são:

 

  • Confusão

Alguns comportamentos podem ocorrer devido ao facto da pessoa com Demência confundir a identidade das outras pessoas. A pessoa pode confundir o cuidador formal ou a filha com a sua mulher e devido a isso comportar-se inapropriadamente.

 

  • Desconforto

Alguns comportamentos, tais como despir-se ou acariciar-se a si próprio em público, podem ser resultado de uma sensação de desconforto. Por exemplo estar com calor ou frio ou sentir que as roupas estão muito apertadas, pode levar a pessoa a despi-las para ficar mais confortável. As infeções do trato urinário e o prurido podem levar a pessoa a tocar na área genital.

 

  • Esquecimento e perda de capacidades

Por vezes, o comportamento desinibido ocorre porque a pessoa se esqueceu do sítio em que está, da adequação de ser discreta, de como vestir-se ou até da importância de vestir-se. A pessoa pode necessitar de urinar, mas ter-se esquecido de onde é a casa de banho ou de como usá-la. Lembre-se que a falta de discernimento, que provoca o comportamento inapropriado, pode ser resultado das lesões cerebrais que fazem parte da Demência. Também o facto de as regras sociais serem algo instituído, levam a que devido à perda de memória, o que fazer e onde fazer sejam conceitos que a pessoa com Demência pode esquecer.

 

  • Desorientação

A pessoa pode estar confusa sobre a hora do dia e acreditar que deve preparar-se para tomar banho ou para ir para a cama. Também pode pensar que está na casa de banho ou no quarto.

 

O que pode tentar

  • É importante tentar compreender por que motivo a pessoa com Demência está a comportar-se de determinada maneira. Se os familiares e cuidadores conseguirem determinar o que está a desencadear o comportamento, poderá ser mais fácil descobrirem formas de evitar que ele surja novamente;
  • O médico pode avaliar se a pessoa tem alguma doença física, efeitos secundários adversos da medicação ou desconforto e fornecer alguns conselhos;
  • Reaja com paciência e de forma gentil. Mesmo que os comportamentos sejam muito embaraçosos tente não reagir de forma exagerada. Lembre-se que eles fazem parte da doença;
  • Mantenha contacto físico apropriado com a pessoa, por exemplo através de carícias, abraços e massagens. Frequentemente, a pessoa está ansiosa e precisa de ser tranquilizada através do toque e de uma comunicação afetuosa;
  • Se a pessoa estiver a envolver-se em comportamentos sexuais inapropriados tente distraí-la, reorientando a sua atenção para outra atividade, dando-lhe uma coisa para fazer ou algo para se entreter;
  • Adapte a roupa da pessoa. Considere comprar calças sem fechos de correr e camisas com velcro

Os comportamentos desinibidos podem ser muito difíceis para os familiares e cuidadores. Estes comportamentos são sintomas da Demência e não são destinados a perturbá-lo deliberadamente. Lembre-se de cuidar de si próprio e de fazer intervalos regulares na prestação de cuidados.

 

Quem pode ajudar?

Discuta com o médico as suas preocupações sobre as alterações do comportamento e o impacto que estas têm em si.

 


Adaptado de Alzheimer Australia