Pesquisa

Cuidar de si próprio

Aqui aborda-se a importância dos cuidadores e familiares cuidarem de si próprios e são feitas algumas sugestões para gerir o stress relacionado com a prestação de cuidados a alguém com Demência.

Cuidar de alguém com Demência acarreta exigências físicas e emocionais elevadas. À medida que a necessidade de cuidados à pessoa aumenta, vai precisar de despender mais tempo e energia. É importante cuidar de si mesmo, caso contrário irá sentir-se muito desgastado.

Se já estiver muito cansado, cuidar de alguém com Demência torna-se ainda mais difícil e não será fácil continuar a equilibrar as suas necessidades com as da sua família e da pessoa com Demência. Vai precisar de apoio e assistência para cuidar da pessoa.

Não está sozinho
A Alzheimer Portugal disponibiliza apoio, informação, formação e aconselhamento.

A Alzheimer Portugal tem grupos de apoio em todo o país. Muitos cuidadores encontram apoio e ajuda através da participação em reuniões com outras pessoas que sabem o que é cuidar de uma pessoa com Demência. Os grupos de apoio reúnem famílias, cuidadores e amigos de pessoas com Demência, sob a orientação de um facilitador de grupo.

Gerir o stress
Todas as pessoas têm diferentes formas de gerir o stress. Gerir o stress melhora o seu bem-estar e pode ter um impacto positivo no seu papel de cuidador. Por isso, pode ser útil aprender algumas formas para melhor lidar com esta situação. Todas as livrarias vendem livros sobre várias formas de gerir o stress.

O que tentar
  • Fazer uma programação consistente das atividades diárias pode facilitar a vida, quando se vive com uma pessoa com Demência;
  • É importante lembrar-se de que a pessoa com Demência não tem determinados comportamentos de propósito e que a doença está a afetar as suas emoções e comportamentos;
  • Tente aprender o máximo possível sobre a Demência e incentive os amigos e familiares a fazê-lo também;
  • É importante falar sobre as situações com a família, amigos e outras pessoas que estão numa situação semelhante;
  • Cuide de si mesmo, controle a sua dieta, faça exercício físico regular e mantenha os seus contactos sociais e estilo de vida;
  • Seja realista sobre o que pode esperar de si e reconheça que cuidar de si mesmo é o melhor para todos

 

Manter as suas atividades
É muito importante que continue a fazer as atividades que lhe dão prazer. Algumas pessoas referem que se sentem culpadas quando saem de casa ou quando desfrutam de uma atividade sem a pessoa com Demência. No entanto para além de prestar cuidados à pessoa, as famílias e os cuidadores têm o direito de realizar os seus próprios interesses. Na verdade, é essencial que o façam. Uma pessoa que faz pausas regulares é um melhor prestador de cuidados.

Se estiver com dificuldade em lidar com os sentimentos de culpa sobre sair e deixar a pessoa, pode ser boa ideia falar sobre esses sentimentos com um amigo, parente ou com um psicólogo.

Solicitar ajuda
Cuidar de si mesmo significa pedir ajuda no momento atual e planear com antecedência o tipo de apoio que poderá precisar no futuro. Apesar do apoio provir na maioria das vezes de parentes, amigos e vizinhos, nem sempre tal acontece. Procurar ajuda externa é importante para as pessoas que cuidam de alguém com Demência. Os médicos, psicólogos e conselheiros têm experiência em ajudar pessoas que estão a cuidar de outros.

O que tentar
  • Partilhe a prestação de cuidados à pessoa com Demência;
  • Não hesite em pedir ajuda;
  • Sugira formas específicas de os amigos e familiares ajudarem, tais como trazer uma refeição, ajudar com o trabalho doméstico ou ir às compras;
  • Organize pausas regulares para si mesmo. Um amigo ou familiar pode ser capaz de cuidar regularmente da pessoa com Demência, de modo a que possa ter algumas horas livres. Tente conhecer as opções de serviços de prestação de cuidados que existem na sua área de residência;
  • Contacte a Alzheimer Portugal para conhecer as ajudas disponíveis na comunidade

 

Amigos e familiares
Cuidar de alguém com demência pode ser dificultado pela falta de compreensão das outras pessoas. Ajudar os amigos e parentes a entender o que está a acontecer vai facilitar o seu trabalho.

O que tentar
  • Forneça informação sobre a Demência aos amigos e familiares. A Alzheimer Portugal disponibiliza material informativo muito útil;
  • Explique que a pessoa tem uma doença, apesar de exteriormente parecer estar bem. Explique também que esta doença apesar de devastadora, não é contagiosa;
  • Aceite a possibilidade de alguns amigos se afastarem;
  • Solicite que as visitas sejam breves e com poucas pessoas de cada vez;
  • Sugira atividades para serem realizadas em conjunto durante a visita, tais como fazer uma caminhada, uma tarefa simples ou ver um álbum de fotografias;
  • Prepare as visitas para quaisquer problemas de comunicação e sugira formas que elas possam adotar caso tal aconteça


Adaptado de Alzheimer Australia