Pesquisa

Os homens e a prestação de cuidados

Aqui são abordados alguns problemas que podem afetar os homens que cuidam de uma pessoa com Demência.

Muitos homens cuidam de alguém com Demência. A maioria deles cuida dos seus cônjuges, mas o cuidador masculino também pode ser filho, irmão ou amigo.

Cuidar de alguém com Demência pode ser muito exigente e, para muitos homens, pode apresentar desafios adicionais.

Assumir as tarefas domésticas
Em muitas casas, a mulher é frequentemente a principal responsável por planear as refeições, cozinhar, limpar, tratar da roupa e por outras tarefas que mantêm uma casa a funcionar. Se a mulher sofrer de Demência, tornar-se-á gradualmente incapaz de continuar a realizar essas tarefas.

O homem, no papel de cuidador, pode precisar de começar a auxiliar a pessoa com Demência, pedindo por exemplo que esta lhe mostre como fazer as coisas. Para alguns homens, assumir a responsabilidade por estas tarefas significa ter de aprender novas competências ou formas diferentes de fazer as coisas.

Ajudar nas competências pessoais
Um homem que ajuda uma pessoa com Demência pode necessitar de prestar cuidados pessoais e íntimos, particularmente à medida que a doença progride. Pode ser necessário prestar assistência no banho e na higiene pessoal. A pessoa com Demência também pode necessitar de ajuda para fazer a maquilhagem, vestir as collants ou ir ao cabeleireiro, situações que para a maioria dos homens são experiências novas.

Tarefas diárias que apresentam novos desafios
Algumas situações que têm feito parte da vida quotidiana podem tornar-se mais complexas. Por exemplo, para muitos homens poderá ser um desafio comprar um sutiã para uma mulher com Demência. Ajudar a pessoa a experimentar roupas novas pode ser difícil quando esta necessita de assistência nos provadores femininos.

Perder o apoio emocional do cônjuge
Geralmente, os homens não têm os sistemas de apoio que a maioria das mulheres tem. Os homens apoiam-se frequentemente nos seus cônjuges para obter o apoio emocional e manter as amizades e os contactos familiares, que constituem a maioria dos seus sistemas de suporte.

À medida que a Demência progride, a mulher perde gradualmente a capacidade para fornecer apoio emocional e manter as amizades e os contactos familiares. É importante que o homem, no papel de cuidador, esteja consciente destas mudanças e que tome medidas para garantir que ambos têm apoio social e emocional.

Os homens também necessitam de apoio
  • É importante que todos os familiares e cuidadores cuidem de si próprios. Poderá ter que prestar mais atenção à sua dieta e exercício;
  • É essencial manter os contactos sociais;
  • Apesar de difícil, é importante manter um equilíbrio entre as suas próprias necessidades e as exigências diárias de cuidar de alguém com Demência;
  • Organize pausas regulares na prestação dos cuidados para não ficar desgastado. Contacte os serviços de apoio para descobrir maneiras de organizar um intervalo;
  • Alguns homens consideram útil conversar com outros homens que também estão a cuidar de alguém com Demência;
  • Encontre um lugar de confiança para expor as questões emocionais. O apoio da família e amigos, bem como de grupos de suporte, ajuda muitos homens que são cuidadores de alguém com Demência

A Alzheimer Portugal pode colocar as pessoas em contacto com os vários grupos de suporte existentes no país. Muitas pessoas encontram apoio e ajuda através da participação nestes encontros com outras pessoas que sabem o que é cuidar de uma pessoa com Demência. Os grupos de apoio aproximam as famílias, cuidadores e amigos de pessoas com Demência, sob a orientação de um facilitador de grupo.

Adaptado de Alzheimer Australia