Pesquisa

Testemunho de Joana

Mesmo na presença de poucas palavras, porque em poucas palavras se diz muita coisa, mesmo quando o vocabulário escasseia, se reduz, mesmo quando muita coisa parece estar diminuída, os sentimentos, quando são fortes e verdadeiros, esses não têm forma de se reduzirem, existem sempre, só se demonstram de maneiras diferentes e temos que aprender a recebê-los de maneiras diferentes.

Mais importante do que aquilo em que as pessoas às vezes se tornam na vida, por azar ou por destino, é o percurso que fizeram até ali, o que fizeram por nós, o que fizeram pelo mundo. Às vezes fizeram tanto pelos outros que se esqueceram de si próprias. Por incrível que pareça, às vezes não importa ao que chegámos, mas sim o que fizemos até lá chegar.

A vida traz-nos desafios impressionantes em que revertemos papéis, talvez em alturas erradas, talvez fosse cedo demais, mas quem tomou tão bem conta de nós, quem nos ensinou tanto, quem teve tanta paciência para nós, agora precisa que lhe retribuam. É o mundo a nos ensinar a dar e não só a receber, o mundo a nos obrigar a dar porque passamos muito tempo só a receber. Perceber as limitações dos outros, perceber porque essas limitações chegaram, pensar menos em nós e mais nos que nos amam e sempre amaram e a quem talvez nunca tenhamos dado o devido valor. A maior lição de vida, talvez?

As memórias são imensas e todas boas, muito boas, e os momentos presentes são diferentes, mas bons na mesma, temos é que aprender a tirar coisas boas das mudanças da vida, daquilo em que as pessoas se tornaram, e temos sempre maneira de continuar a aprender e a viver com o mesmo sentimento de apreço e admiração. É só preciso aprender a mudar a ?táctica?.

Porque na vida quero aprender a não me assustar e a não fugir de nada, o que me impressiona é o que apareceu na minha vida para me tornar numa pessoa melhor, e me desafiar a conviver de forma diferente e a viver dias de uma outra maneira, com pessoas que de um dia para o outro mudaram, mas que no fundo serão sempre as mesmas.

Por isso, parabéns para a melhor tia do mundo, ontem, hoje e sempre...


Joana
s.d.