Pesquisa

Vivendo com demência


A importância de uma boa atitude

Muitas das fases por que passamos na vida ? doenças, mudanças familiares entre outras, são, umas vezes positivas e outras nem por isso. O resultado em diversas ocasiões, está dependente da atitude com que encaramos em os desafios que se nos defrontam.

Lidar com demência não é fácil para ninguém ? incluindo os próprios doentes e os cuidadores da família.

Mas, ter uma atitude saudável perante a vida e encarar a doença, ajudar-nos-á a ter uma vida melhor.

?Eu encontrei Frankie Mañosa acerca de 3 anos atrás, numa das nossas actividades associativas, onde, para minha surpresa ele me explicou que tinha sofrido uma demência fronto-temporal.
Fiquei boquiaberta ao ouvi-lo ? um homem feliz e com um aspecto saudável, sempre pronto a ajudar.

A maneira como Frankie me explicou a doença, os seus sentimentos, o modo como encara a vida e o futuro, surpreendeu-me.
Este é um homem que recebeu um diagnóstico e em vez de ficar amedrontado, tornou-se interessado em receber informação sobre a doença, mantendo uma atitude positiva.

Aconteça, seja o que for, ele está vivo e goza a vida com todos os desafios inerentes.

A sua esposa, Dorita, a quem eu sempre chamei o seu anjo da guarda, também me surpreendeu com a energia e vontade demonstradas em ajudar Frankie, bem como, em ajudar outras pessoas com demência e às suas famílias.

O que eu pude observar neste casal foi uma atitude positiva ? estarem juntos perante o desafio que se lhes atravessou no caminho, ajudando outros a aceitar o que não se pode mudar, mas demonstrando que ainda há muitas coisas que podem ser feitas para se ter uma vida com mais qualidade.?

Apesar de nem sempre ser fácil, as pessoas devem, seguindo este exemplo, manterem sempre que possível, um pensamento positivo, não se entregando à doença e praticarem actividades, não só físicas como também intelectuais.


Enna Santiago, Presidente da Associacón de Alzheimer y Desordenes Relacionado de Puerto Rico
2004

Fonte:
Boletim de notícias Global Perspective da Organização Alzheimer´s Disease International