Pesquisa

Cuidar de si próprio

Se lhe foi diagnosticada Demência, aqui pode encontrar algumas sugestões para cuidar de si próprio.

Receber o diagnóstico de Demência foi, provavelmente, um choque para si, assim como para a sua família e amigos. No entanto, existem muitas coisas que poderá fazer para manter-se tão independente quanto possível e continuar a desfrutar da sua vida.

A saúde
É muito importante manter-se saudável.

Algumas sugestões:
  • Pratique regularmente exercício físico, de acordo com as indicações do seu médico. Pode tentar, por exemplo, andar a pé ou fazer jardinagem;
  • Mantenha uma alimentação equilibrada;
  • Repouse sempre que se sentir fatigado;
  • Tente incorporar a prática regular de relaxamento no seu quotidiano;
  • Limite o consumo de álcool. O álcool pode agravar, em algumas pessoas, os problemas de memória;
  • Certifique-se que está a tomar a medicação conforme lhe foi prescrita. Utilizar uma caixa organizadora de comprimidos pode ajudá-lo nesta tarefa. O farmacêutico poderá colocar os medicamentos na caixa, de acordo com o guia da prescrição;
  • Faça check-ups à sua saúde com regularidade;
  • Mantenha-se ativo. Tente manter as atividades que aprecia mesmo que para tal necessite de fazer algumas modificações

 

As emoções
Poderá sentir uma grande variedade de emoções ao vivenciar as alterações causadas pela Demência. Esta situação é muito frequente e partilhar estes sentimentos poderá ser uma ajuda. Converse com alguém em quem confie e com quem se sinta confortável. Pode, também, procurar um grupo de ajuda e conhecer outras pessoas com Demência, como forma de partilhar experiências e ideias para lidar com a doença.

Lidar com a perda da memória
Apesar de poder lembrar-se de acontecimentos ocorridos há muito tempo, os acontecimentos mais recentes podem ser facilmente esquecidos. Poderá ter dificuldade em manter a orientação em relação ao tempo, pessoas e lugares. Haverá dias em que sua memória estará melhor do que noutros e, apesar de perturbador, este tipo de oscilação é normal.

Algumas sugestões
  • Registe num caderno ou bloco de notas as coisas importantes que deve recordar e tente mantê-lo sempre consigo. Este caderno pode conter:
  • Marcações de consultas ou outros compromissos;
  • Uma lista de coisas a fazer;
  • Números de telefone importantes, incluindo o seu e aqueles que podem ser necessários numa emergência;
  • Os nomes de pessoas que precisa de recordar;
  • A sua morada e um mapa que assinale onde é a sua casa;
  • Um registo das suas atividades diárias, para as poder recordar;
  • Quaisquer pensamentos ou ideias que pretenda manter;
  • Tente estabelecer uma rotina regular, diária ou semanal. Isto ajudá-lo-á a reduzir a necessidade de confiar na sua memória;
  • Coloque um quadro num lugar de destaque, como por exemplo na cozinha, em que possa afixar ou escrever as coisas importantes que pretende recordar durante o dia ou semana;
  • Escreva os números de telefone em letras grandes e coloque-os junto do seu telefone. Deve incluir os números de emergência, bem como uma descrição do sítio onde reside;
  • Coloque etiquetas, nos armários e gavetas, com palavras ou desenhos que descrevam os seus conteúdos, como por exemplo: pratos, facas e garfos;
  • Mantenha um lugar especial para coisas importantes tais como: óculos, carteira e medicação;
  • Mantenha uma coleção de fotografias de pessoas que vê regularmente. Coloque etiquetas com os seus nomes e aquilo que fazem;
  • Uma forma de manter a noção do tempo é ir riscando os dias num calendário;
  • Solicite à família e amigos que telefonem imediatamente antes de visitá-lo, como forma de lembrança adicional

 

Ao longo do dia
Poderá achar mais difícil ou levar mais tempo a fazer coisas que anteriormente fazia com facilidade, como por exemplo preparar refeições, gerir o dinheiro e controlar as contas.

Algumas sugestões
  • Demore o tempo que for necessário e não permita que os outros o apressem;
  • Faça uma pausa quando sentir que alguma coisa é muito difícil de realizar;
  • Tente dividir uma tarefa em etapas menores e realizar uma etapa de cada vez;
  • Peça que o ajudem na realização das tarefas mais difíceis ou em parte delas

 

Comunicar com os outros
É importante que mantenha os seus contactos sociais. Algumas vezes, poderá ser difícil encontrar as palavras certas para exprimir os seus pensamentos e compreender o que as pessoas estão a dizer.

Algumas sugestões
  • Demore o tempo que for necessário;
  • Informe as pessoas que tem um problema de pensamento, comunicação e memória;
  • Se não compreender o que alguém diz, solicite-lhe que repita;
  • Não existe qualquer problema em perguntar várias vezes a mesma coisa;
  • Procure um lugar mais tranquilo quando se sentir incomodado por muitas pessoas ou muito barulho;
  • Se se esquecer de um pensamento, não se incomode. Não existe qualquer problema em esquecer-se e pode ser que mais tarde se recorde

 

Para não se perder
Poderá haver dias em que as coisas podem parecer-lhe desconhecidas, apesar de habitualmente lhe serem familiares.

Algumas sugestões
  • Se gosta de andar a pé, tente fazer sempre o mesmo caminho;
  • Não tenha medo de pedir ajuda;
  • Explique às pessoas que tem um problema de memória e que necessita de auxílio;
  • Mantenha sempre consigo a sua identificação, incluindo o seu nome, endereço, número de telefone e contacto de emergência. Estes elementos podem ser guardados na mala, bolso ou gravados numa pulseira. Mantenha estas informações atualizadas;
  • Considere a compra de uma pulseira ou colar que esteja ligado a um serviço de assistência, 24 horas por dia, de forma a ser localizado, no caso de se perder


Adaptado de Alzheimer Australia