Pesquisa

Manter-se envolvido e ativo

Se lhe foi diagnosticada Demência, saiba como é importante manter-se ativo e envolvido, bem como aceitar sugestões de como poderá fazê-lo.

As mudanças

À medida que as pessoas vão envelhecendo, as atividades que apreciam fazer podem ir mudando. Os passatempos e interesses que teve quando tinha 20/30 anos podem ser bastante diferentes dos que tem atualmente. A reforma pode ser uma altura propícia para retomar ou encontrar novos passatempos e reavivar interesses antigos.

Vivenciar as alterações relacionadas com a demência e perda de memória, pode significar, também, uma mudança nas atividades em que participa. Se tiver dificuldades em lembrar-se ou em expressar-se, a sua autoconfiança pode diminuir. Talvez possa sentir-se envergonhado pela perda de memória ou por não ser capaz de fazer coisas que anteriormente fazia.

Tornar as atividades mais fáceis
Manter-se ativo e envolvido nas atividades de que gosta é extremamente importante. Poderá tentar modificar as atividades que aprecia, em vez de desistir devido ao facto de estarem a tornar-se difíceis de executar. Por exemplo, um senhor estava a ter problemas para manter o seu nível de pontuação habitual no golf. Por este motivo, sentia-se envergonhado e pensou em parar de jogar com o parceiro. Mas acabou por optar por modificar a situação, solicitando ao seu parceiro que mantivesse a pontuação por si. Outras vezes optou por não contribuir para a pontuação da dupla. Realizar estas alterações permitiu que pudesse continuar a praticar o seu desporto preferido.

Uma outra forma de ajuda é dividir uma atividade em partes menores. Mesmo que não consiga realizar todas as etapas, poderá ser capaz de participar em algumas. Por exemplo, se tiver problemas em preparar uma refeição, em vez de desistir de cozinhar, pode ser capaz de fazer algumas partes, como por exemplo: descascar os legumes, colocar a mesa ou servir a refeição.

Muitas vezes, ajuda falar com os outros - eles podem ser capazes de ajudá-lo a manter a realização das suas atividades.

Atividades físicas
A atividade física é importante para manter a forma e a flexibilidade dos músculos e articulações. A atividade física desencadeia a libertação de substâncias químicas responsáveis por sensações de bem-estar e isto pode ajudar a reduzir a depressão e a ansiedade.
Alguns exemplos de atividades físicas são: caminhar; jardinar; cortar a relva; praticar golf, ténis, aulas de ginástica, ioga, tai chi ou fazer exercícios de alongamentos em casa.

Atividades mentais
Uma forma de manter a mente estimulada é, para muitas pessoas, manter ativas as partes do cérebro que estão a funcionar bem.
Alguns exemplos de atividades mentais que as pessoas, normalmente, apreciam são: fazer palavras cruzadas, ler, fazer puzzles e fazer jogos ou exercícios aritméticos. Manter-se envolvido nas atividades domésticas pode ser uma outra maneira de manter a mente estimulada.

Atividades criativas
A maioria das pessoas gosta de passatempos criativos. Estes podem incluir tricotar, bordar, carpintaria, costurar, pintar, desenhar, tocar um instrumento musical ou simplesmente ouvir música.

Se tem problemas na realização de alguma atividade de que gosta, tente simplificá-la, antes de a abandonar completamente. Por exemplo: se gosta de tricotar, poderá ser possível continuar a fazê-lo se utilizar padrões menos complexos. Peça a um familiar ou amigo que o ajude a começar a atividade, de forma a que possa depois continuar a fazê-la sozinho. Outra opção é um familiar ou amigo ajudá-lo ao longo da realização da atividade e, deste modo, ambos poderão apreciá-la em conjunto.

Atividades sociais
Ao longo da vida, algumas pessoas investem e adoram o relacionamento social, outras são mais caseiras e não procuram tanto esse tipo de relacionamento. É importante manter o contato social, o mais possível, caso seja algo que lhe dê prazer.

A atividade social pode envolver a participação em alguns grupos sociais como clubes de cidadãos seniores ou grupos de dança. Visitar os amigos, ir a um café ou um museu com um amigo ou familiar, jogar às cartas ou passar tempo com a família, também pode ser gratificante.

Para algumas pessoas com Demência é difícil estar em grandes grupos de pessoas. Demasiado ruído ou movimento pode criar ansiedade ou confusão. Poderá continuar a gostar de encontros sociais, estando com uma ou duas pessoas, em vez de estar com um grande grupo de pessoas.

A espiritualidade
A espiritualidade pode significar mais do que religião ou igreja. Pode relacionar-se com qualquer coisa que dê sentido ou paz à nossa vida.
Para muitas pessoas a fé espiritual é uma força importante para lidar com a demência, pelo que/ ou e, assim, manter o envolvimento religioso pode ser útil. Se sentir que ir ao seu local de culto (ex.: igreja) é difícil, poderá solicitar uma visita em casa ou escolher alturas em que o local esteja mais tranquilo.

O sentimento de espiritualidade pode ser adquirido, por exemplo, através da meditação, apreciar arte, desfrutar de um pôr-do-sol, fazer uma caminhada ao longo da praia, ou passar tempo com a família. É muito importante continuar a desfrutar de tudo o que dê sentido à sua vida ou que lhe traga uma sensação de paz ou prazer.

Sentido de humor
Continue a rir. Partilhar o seu sentido de humor é uma excelente maneira de libertar as tensões, bem como dar e contribuir na vida quotidiana.

Adaptado de Alzheimer Australia