Pesquisa

Emprego

Se a pessoa foi diagnosticada com uma Demência precoce, provavelmente ainda estará trabalhar a tempo inteiro. Pode ser responsável pela família, ter um empréstimo para pagar e outras responsabilidades financeiras.

A Demência afeta as pessoas de forma diferente. A pessoa pode já ter alguns problemas no trabalho ou pode estar a conseguir lidar com a situação. No entanto, mais cedo ou mais tarde, as suas capacidades vão sofrer um declínio e a pessoa vai ter de considerar deixar de trabalhar.

A chave para tomar decisões relativas ao emprego é apoiar a pessoa com Demência de modo a fazer um controlo precoce, um planeamento e a ser realista. Consulte aqui mais informação sobre a tomada de decisões relativas ao emprego.

Por onde começar

Desde o princípio obtenha o máximo de ajuda possível. Procure o aconselhamento e apoio de:
  • Médico ou médico especialista;
  • Sindicato ou ordem profissional;
  • Alzheimer Portugal;
  • Consultores jurídicos e financeiros;
  • Um conselheiro (psicólogo)

 

Continuar a trabalhar

Se a pessoa com Demência decidir continuar a trabalhar, vai necessitar de considerar qual será a melhor forma de apoiá-la. Ajude-a a pensar na maneira de comunicar o diagnóstico ao empregador. Este é um passo muito relevante, por isso é importante planear o que vai dizer e qual a quantidade de informação que vai transmitir. Ensaiar a situação pode ajudar. Talvez possa sugerir que a pessoa leve alguém a acompanhá-la para ajudar a explicar a sua condição.

Outras sugestões a considerar são:
  • Discuta a possibilidade de alterar alguns aspetos que facilitem, à pessoa, a realização do trabalho;
  • Tente identificar no local de trabalho quem mais, entre colegas ou clientes, necessita de tomar conhecimento do diagnóstico;
  • Sugira à pessoa que ela tenha uma ou duas pessoas de confiança como apoios chave, no seu local de trabalho;
  • Certifique-se de que conhecem a legislação antidiscriminação;
  • Conheça as condições de emprego da pessoa, nomeadamente os direitos a licenças por doença e invalidez;
  • Sugira ao empregador contactar a Alzheimer Portugal para obter informação sobre a Demência, alterações do comportamento e quaisquer alterações no posto de trabalho

 

Planear o futuro

Continue a fazer o planeamento para a altura em que a pessoa vai necessitar deixar de trabalhar. Em relação a si, cuidador, se tem um emprego, conheça o seu direito às licenças de assistência à família e por doença.

Lembre-se
Quaisquer problemas que a pessoa tenha no trabalho podem ser resultantes da doença, pois a pessoa não tem o controlo sobre estes. Tal como qualquer outra doença grave, as pessoas diagnosticadas com Demência têm direito a um tratamento especial no seu local de trabalho.

Deixar de trabalhar

A pessoa com Demência pode decidir que é melhor deixar de trabalhar. Esta decisão não deve ser tomada de forma impulsiva. Certifique-se que ambos estão plenamente conscientes de todos os benefícios e direitos. Esta área pode ser muito complexa, por isso certifique-se que obtém um bom aconselhamento.

Antes de a pessoa tomar quaisquer decisões finais sobre deixar de trabalhar procure:
  • As políticas e direitos à reforma;
  • Direitos a licença por doença ou a licenças de serviço prolongadas;
  • Quaisquer seguros, quer de proteção ao rendimento ou outros seguros que tenham a componente de incapacidade;
  • Subsídios de doença ou de incapacidade;
  • Quaisquer benefícios a que a pessoa possa ter direito após deixar o trabalho;
  • Para si, cuidador, quaisquer benefícios a que tenha direito por cuidar de alguém com Demência que já não trabalha

Tenha calma, avalie e tome uma decisão informada. Estas decisões são importantes e podem afetá-lo a si e à sua família durante um longo período de tempo. Esteja ciente que este momento tem repercussões físicas e emocionais em si próprio. Certifique-se que:
  • Cuida de si próprio;
  • Procura ajuda;
  • Desenvolve uma rede de apoio de pessoas com as quais se sente confortável em partilhar os seus sentimentos;
  • Mantém contato com as pessoas

Lembre-se
Não está sozinho. Contacte a Alzheimer Portugal para a Sede ou Delegação mais próxima da sua área de residência.

Adaptado de Alzheimer Australia