Pesquisa

Reunião Alzheimer Europe | COVID19

Alzheimer Portugal
Alzheimer Europe organizou uma reunião para partilha do trabalho das várias organizações europeias em tempo de pandemia
Autor Tatiana Nunes 
Data 03-04-2020 
A Alzheimer Portugal participou nesta reunião via Zoom que juntou representantes de 22 associações nacionais de Alzheimer de 19 países europeus.

A reunião foi organizada pela Alzheimer Europe e destinou-se a partilhar o trabalho que tem vindo a ser feito pelas várias organizações em tempo de pandemia, assim como a apelar a governos e sistemas nacionais de saúde para que com urgência aumentem/melhorem as infraestruturas de cuidados intensivos necessários às pessoas com COVID-19 e assegurem que o acesso ou a suspensão de tratamentos destinados a salvar vidas têm por base princípios éticos que não descriminem as Pessoas com Demência.

Em press release, a Alzheimer Europe declara “que é inaceitável que sistematicamente se restrinja o acesso a ventiladores a pessoas com doença de Alzheimer e outras demências ou a pessoas que vivem em Lares. Quando houver necessidade de decisões de triagem, estas deverão ter sempre por base o prognóstico individual do paciente e não apenas a sua idade, o seu diagnóstico ou local de residência.”

Foi muito compensador verificar como, à semelhança do que aqui estamos a fazer, as nossas congéneres se têm estado a reinventar para, como nós, continuarem a apoiar as Pessoas com Demência, os cuidadores, as famílias.

A reunião destinou-se ainda a discutir uma tomada de posição sobre a alocação de recursos escassos em cuidados intensivos durante a pandemia COVID-19. O documento contém importantes considerações éticas e recomendações que realçam a importância de uma abordagem centrada nos Direitos Humanos quando se trata de tomar decisões sobre as Pessoas com Demência.

E traduzido em: 
https://alzheimerportugal.org/pt/news_text-77-1-1113-posicao-da-alzheimer-europe-relativamente-a-escassez-de-recursos-medicos-para-os-cuidados-intensivos-durante-a-pandemia


Estas recomendações foram adoptadas pela Alzheimer Europe em 3 de abril de 2020. A Alzheimer Portugal já subscreveu esta posição, bem como muitas outras instituições europeias.