Pesquisa

Os Desafios da Vida da Amélia

Alzheimer Portugal
Amélia (Casa do Alecrim) escreveu às suas colegas, um verdadeiro e sentido testemunho de esperança, nesta etapa tão desafiante que todos estamos a passar
Autor Tatiana Nunes 
Data 06-04-2020 
Amélia Martins tem 61 anos e trabalha deste Dezembro de 2013 na Casa do Alecrim, com funções de Ajudante de Ação Direta (ajudante de lar).

Hoje partilhamos a carta que Amélia escreveu às suas colegas, um verdadeiro e sentido testemunho de esperança, nesta etapa tão desafiante que todos estamos a passar.

«Os Desafios da Vida

A vida está sempre a pôr-nos à prova, a desafiar as nossas capacidades!
Comigo não foi exceção, depois de uma longa carreira ligada ao mundo da moda, a secretariar e a criar coleções de roupa bonita para o mundo inteiro, deparei-me com outra realidade.
Aos 50 Anos, por motivos de força maior, a minha carreira tinha acabado...
E agora o que vou fazer?
Tinha em mente que na minha reforma iria fazer voluntariado, acompanhar e acarinhar os nossos idosos que estão nos lares.
Esta minha ideia partiu de duas experiências que vivenciei, quando visitei as mães de duas amigas minhas que estavam institucionalizadas. Não gostei do que vi... Abandono, tristeza, solidão, desumanização...
Mas a Vida encarregou-se de me por à prova mais uma vez... «Estava na altura de fazeres a diferença Amélia...»
Foi-me proposto fazer uma formação em Agente de Geriatria, e, ironia do destino, focada na demência.
Foi assim que conheci a resposta de lar da Casa do Alecrim, quando a minha formadora me convidou a participar neste projeto que tinha acabado de abrir portas em Novembro de 2013.
E cá estou eu! Feliz e realizada a contrariar essa realidade que infelizmente, continua a existir lá fora.
Sim, lá fora, porque na Casa do Alecrim, fazemos a diferença!
Aqui o trabalho é focado no Bem-estar dos nossos utentes.
Somos uma só equipa, Direção, Técnicos, Auxiliares, Lavadeira, Cozinheiras, Pessoal de Limpeza, todos com um só propósito: Cuidar, com respeito, carinho, humanismo, dignidade, nunca descurando a identidade de cada um.

Agora chegou a hora de mais uma prova de vida! Prova especialmente difícil, que todos juntos vamos vencer, com o empenho desta equipa extraordinária à qual me orgulho de pertencer.

Vamos todos cumprir as regras!!!
Sair de casa?? Só para o Alecrim...
Está bem!!!... Vão lá comprar o pão, mas só uma vez na semana.. Protege-te!

DESEJO A TODOS BOA SORTE NESTA LUTA QUE É DE TODOS NÓS!!!

Da Vossa Colega, Amélia Martins»