Pesquisa

Delegação Norte está a participar no Projeto Dementia Right

Alzheimer Portugal
Delegação Norte da Alzheimer Portugal está a participar no Projeto Europeu Erasmus+ (Dementia Right), que pretende promover uma abordagem centrada nos direitos humanos das Pessoas com Demência
Autor Tatiana Nunes 
Data 05-03-2021 
A Delegação Norte da Alzheimer Portuga está a participar no Projeto Europeu Erasmus+ denominado Dementia Right, que tem como principal objetivo promover uma abordagem centrada nos direitos humanos das Pessoas com Demência, complementar à abordagem centrada na Pessoa. 

Sabe-se que a Demência pode provocar alterações que dificultam a participação plena na comunidade, quer seja através da alteração da capacidade de votar, através de uma decisão deliberada, ou através da redução da participação social, da capacidade de reivindicar os seus interesses e de defender os seus direitos. Os cuidadores formais ou informais podem ver dificultada a tomada de decisão que respeite os direitos humanos da Pessoa com Demência, uma vez que poderá haver alterações e comportamentos que levem a preferir a segurança em prol do respeito pela autonomia, direito de escolha ou de livre circulação, por exemplo. 

O principal lema deste projeto que teve início nos passados dias 25 e 26 de fevereiro, é “nada sobre nós, sem nós”, demonstrando assim uma premissa inclusiva, que pretende ouvir as opiniões e preferências das Pessoas com Demência e potenciar a sua voz. 

Com este projeto pretende-se ainda contribuir para a criação de uma Carta de Direitos, co-construída pelas Pessoas com Demência de vários países europeus, para além de um guia para a prática centrada na Pessoa com Demência e no respeito pelos seus direitos humanos. Esse guia pretende facilitar a adoção de uma prática de cuidados mais inclusiva e potenciadora da Pessoa com Demência, apoiando os cuidadores a adotar esta abordagem. 

O projeto conta com a participação de vários parceiros internacionais, de países como a Grécia, Irlanda, Espanha e Turquia, para além do parceiro nacional, Instituto S. João de Deus.