Pesquisa

Novidades do Projeto PsicoCuidar

Núcleo do Ribatejo
O projeto tem desenvolvido as atividades previstas, adaptando-as, de forma a respeitar as orientações da DGS e os requisitos de segurança e distanciamento exigidos atualmente.
Autor Tatiana Nunes 
Data 24-09-2020 
O Núcleo do Ribatejo da Alzheimer Portugal foi distinguido, em 2019, pelo prémio BPI “La Caixa” Rural com o Projeto PsicoCuidar – Unidade itinerante de Capacitação, Diagnóstico, Apoio e Intervenção Psicossocial nas Demências. 

Apesar dos inúmeros e imprevistos constrangimentos resultantes da situação de pandemia, o projeto tem desenvolvido as atividades previstas, adaptando-as, de forma a respeitar as orientações da DGS e os requisitos de segurança e distanciamento exigidos atualmente. 

O projeto, destinado às populações do Distrito de Santarém, engloba diversos eixos, tendo  já sido organizadas 2 ações de capacitação sobre as Demências, com as Juntas de Freguesia das Mouriscas e a Junta de Freguesia da Nossa Senhora da Piedade, de Ourém. 

No eixo de intervenção com os Familiares Cuidadores foram realizadas as duas primeiras sessões de Focus Group em Almeirim e Coruche para cuidadores residentes em zonas rurais. As sessões pretendem caracterizar as necessidades destes cuidadores, bem como, definir as vantagens e desvantagens de ser Cuidador de uma Pessoa com Demência residente numa zona rural, distante dos grandes centros urbanos. 
Ambas as sessões contaram com a participação do Núcleo de Santarém da EAPN (Rede Europeia Anti Pobreza), entidade parceira da Alzheimer Portugal neste projeto. No final das sessões os familiares foram presenteados com um momento musical e um lanche. Em Almeirim contámos com a generosidade do músico João Chora e em Coruche com a atuação de um grupo de Sevilhanas da Oficina D’Artes de Coruche. 
O projeto teve, ainda, o apoio dos municípios de Almeirim e Coruche. 
O lanche contou com a habitual Sopa da Pedra, oferta do Restaurante Zézano e o apoio do Modelo Continente de Almeirim e da Sumol-Compal. 

O eixo de intervenção direta com as Pessoas com Demência e respetivos familiares tem sido desenvolvido, através do apoio individual no domicílio ou nas instalações do Núcleo do Ribatejo da Alzheimer Portugal, pela equipa multidisciplinar do projeto, que semanalmente realiza sessões de Estimulação Cognitiva, Fisioterapia/Motricidade e Apoio Social. Este apoio tem sido fundamental, em especial, porque muitas das Pessoas com Demência se viram impedidas de frequentar os centros de dia e de realizar as suas rotinas e interações sociais e comunitárias devido à pandemia. 

Assim, a intervenção da equipa do projeto tem sido fulcral ao nível da estimulação e manutenção das capacidades das Pessoas com Demência e do apoio às famílias, procurando minimizar os efeitos nefastos da situação do vírus  na saúde física e mental das Pessoas com Demência e dos seus cuidadores. Se era inegável a importância do projeto PsicoCuidar em tempos de dita normalidade, o mesmo tem-se revelado imprescindível no atual contexto de pandemia, justificando todas as readaptações que exigiu e, das quais, resultaram novas aprendizagens e o reforço da importância da intervenção especializada na área das demências.